trasferimento

Vocês já se questionaram o por que desse ódio dos Pentecostais contra o povo de axé? Muitas vezes o ódio vem paralelo ao medo e o terror devido algumas atitudes, comportamentos de algumas pessoas de nossa religião, podemos assistir pelas estradas cenas deploráveis como animais decapitados largados pelas encruzilhadas da vida, muitas vezes até mesmo atitudes agressivas de pseudos sacerdotes em gritar aos quatro cantos que é o diabo e que faz e acontece, sabemos que a hipocrisia é o prato do dia porque quem joga pedra em nossa religião não se trata de vegetarianos ou veganos, mas de carnívoros que querem moralizar escondendo a sujeira de algumas grande cadeias alimentícias que torturam antes de sacrificarem os animais que chegam nas mesas desses senhores (as), afinal a corda arrebenta do lado mais fraco, alguém falou dos milhões de perus de natal sacrificados no final de ano? Não houve nada sobre isso, mas voltando sobre o comportamento dos adeptos de nossa religião, creio que devemos rever nossos conceitos monitorar e excluir as ervas daninhas de nossa convivência porque o povo do axe não tortura nem maltrata animais, somos adoradores da natureza, sem ela não existiria o povo de axé, por tanto aqueles que contaminam e expõe nossa religiosidade pelas ruas não representa o povo de axé e quanto aos fanáticos de plantão comecem a seguir o vosso livro, a bíblia onde diz que “…Amai vos uns aos outros como eu vos amei.” Acho que sera difícil visto que o demônio foram vocês quem criaram e essa energia é mais forte que a vossa fé.

Andreia Camargo

Anúncios