Tags

oya2

Abença mãe Andreia
Sou dofona de Oya
Fui ekedji por muitos anos e um certo dia numa obrigação apaguei e não vi mais nada, hoje sou dofona de Oya, fui criticada e massacrada por virar no meu orixá, gostaria de sua opinião sobre o fato, pode uma ekedji anos depois incorporar ou a culpa é minha que não soube me conter?

sofo

Sacerdotisa Andreia Camargo responde:
Dofona de Oya meu pai que lhe abençoe – abença
Não existe ekedji que depois de alguns anos vá virar com o vodun, com certeza o que deveria ter feito não foi feito de forma adequada para que você passasse nos testes, ou é ou não é essa coisa de ekedji virar não existe a explicação é que você nunca foi uma ekedji e sim uma rodante que fez o papel de ekedji por algum tempo. Quanto as pessoas criticarem, o povo fala mal de tudo e de todos, falavam mal de muitos sacerdotes e sacerdotisas da antiga hoje eles são venerados como baluartes do candomblé, por tanto não ligue para a língua do povo, viva sua vida no sagrado e lembre-se você deve satisfação ao sagrado, ao seu Orixa/Vodun/ Inkice e não ao ser humano, porque podemos fingir para o mundo mas não podemos enganar os nossos Vodun/Orixa/Inkice.
O Rei Dan é vivo
Dangbe Gbenoi

Anúncios