Tags

iemonja

Kolofe mãe Andreia de Bessem
Sou dofonitinho de Iemanja sou feito há 16 anos.
Abandonei a religião por 3 anos porque minha vida estava uma M não conseguia nada na vida fui ser evangélico por 3 anos e consegui emprego e muitas coisas só que sentia um grande vazio sentia saudade do meu orixá do barracão de meu pai, mesmo estando na pior quando era do candomblé mas era muito feliz essa falta de felicidade que não tinha como evangélico mi fez voltar para o candomblé mas queria saber pq a maioria do povo do axé não consegue progredir são marginalizado e nada conseguem?
Hoje sou de candomblé e de novo voltei a estaca zero nada consigo e estou desempregado, continuo na minha religião por amor mas é complicado. Estamos juntos e colado pode dar um conselho?

sofo
Sacerdotisa Andreia Camargo Responde:
Dofonitinho kolofe olorun – kolofe
Você acha que o povo do candomblé está na pior e que o mesmo não progredi ninguém, pois bem a realidade é outra, vou mostrar que o problema é sua lingua, temos muitos artistas dentro do candomblé declarados, pessoas formadas em universidades, engenheiros, industriais, enfim quem não arranja emprego e fica na pior são aquelas pessoas que se acomodam e colocam culpa na religião para a sua preguiça e vagabundagem. Você está na pior não é por culpa do candomblé simplesmente você se acomoda. Lembre-se que candomblé não é sinonimo de riqueza ou de arranjar emprego, amor, ficar rico, etc… Tudo isso você poderá ter mas através do seu esforço e sua luta, dedicação de correr atras dos seus objetivos, Religião nenhuma arranja emprego ou deixa alguém rico honestamente. Candomblé é o culto a sua ancestralidade, o respeito e o amor pelo sagrado, mude seus conceitos e abra seus horizontes para entender o que é o candomblé, acorde cedo e corra atras que você encontra sempre alguma coisa para fazer, desempregado fica aqueles que não querem trabalho, tem sempre alguma coisa para fazer. Em ultimo caso vai dar uma mãozinha como auxiliar de servente de alguma coisa, importante é não ficar parado e nem roubar!
Acho que você deveria continuar como evangélico, porque doque adianta estar no candomblé e falando mal como você está fazendo? Cuidado com sua lingua!
O Rei Dan é vivo!
Dangbe Gbenoi.

Emails para:

vanni.camargo@gmail.com

Anúncios