Tags

vodun

Jacques Kerchache – Arte Vodun

O vudu não forma um conjunto coerente e indivisível.
Ele designa um grande número de sociedades originárias
do Daomé, do sudoeste do Zaire e do Oeste da Nigéria,
cujas liturgias permanecem vivas no Brasil e no Caraibe
(Haiti, Jamaica), devido a um importante comércio de
escravos que durou mais de dois séculos.
A prática do vudu foi reservada sempre a uma elite intelectual.
Os objetos ou feitiços só podem entrar em ação quando eles são
consagrados. Eles são o sinal plástico da afirmação divina
e a sua vida útil é função do seu uso.
O vudu tem em si uma ressonância magnética e essa magia deve
permanecer intacta. Não faz parte do nosso propósito fazer
uma recuperação exótica ou desvendar um mistério, mas de abordar
pela primeira vez o aspecto puramente estético dessa arte.

Fondation Cartier

Curtir no Facebook by Sofo Andreia Camargo.

Seguir no TWITTER

Anúncios