Minha casa de santo ficou vazia depois que meu yao saiu da casa…

Ogan-e-atab

Meu kolofé Iya

Sou iniciado há 25 anos tenho casa aberta e teve um período que minha casa ficou muito cheia depois que raspei um filho de santo fofoqueiro ele depois de 6 meses de raspado saiu da minha casa e levou para outra casa vários filhos de santo enchendo a cabeça dos meus filhos antigos. Sofri muito com a perda e com a ingratidão. Tudo porque ele queria receber pombagira com sete meses e eu disse que ele não podia que na minha casa quem tem essas energias somente apos um ano. Dessa conversa iniciou as quizilas e ele vivia mi irritando e batendo boca comigo.
Gostaria de ouvir uma palavra de conforto um conselho da senhora porque acompanho sempre a senhora e adoro suas publicações.
Sua abença mãe.

andreiacamargo23

Sacerdotisa Andreia Camargo responde:
Kolofe meu filho
Olha ninguém tem esse poder de tirar filhos de sua casa, os que acompanharam o suposto filho de santo recém iniciado, são pessoas que não estavam mais se sentindo bem em sua casa, eles usaram a desculpa do novato para saírem, muitas vezes o vodum faz uma limpeza para que possa ter um novo recomeço.
Não sei o que aconteceu dentro de sua casa de axé, a razão pela qual seus filhos lhe abandonaram, mas que isso sirva de reflexão e de atenção para que você possa recomeçar… Um novo recomeço dessa vez querendo qualidade e não quantidade. O importante não é a casa cheia, mas a certeza de cultuar e venerar nossos deuses com a mente limpa e longe de pessoas negativa. Não perca seu tempo a chorar por mau defunto, levante-se dessa depressão e mãos a obra.
Recomece e sirva aos voduns e selecione as pessoas que irão entrar em sua casa de axé, vigie e fique na atenção, o vodum é para todos, mas nem todo mundo é para o vodum.
O Rei Dan é vivo!
Dangbe Gbenoi.


Existe uma casa de candomblé pura?

candomble

Não se pode falar de nação pura se na matriz (Africa) eles não pensam dessa maneira, onde existe emigração fronteiristas não podemos jamais pensar em um culto puro sem a contaminação (no bom sentido) de outras culturas. Se na Nigéria se chama Oxalá (Osaala) na fronteira com o Benin ele é cultuado como Olissa, como Oya é considerada uma Aveji-Da ( as voduns guerreiras). Falando com uma sacerdotisa do Benin sobre Xangô e Sogbo, errado ou nao ela tem a visão de Sogbo como um Xangô dos nigerianos. Errado ou certo devemos entender que os deuses imigraram junto com seus povos e cada povo da o nome de seu deus com a sua língua de origem. Perdemos a vida a nos preocupar em mostrar as pessoas que estamos na razão, quando a razão está na fé de cada pessoa. Nenhuma casa de Jeje pode se colocar na posição de purismo quando na sua casa hospeda orixás e quem é de Ketu hospeda voduns. Em poucas palavras a contaminação cultural e linguística é natural quando falamos de países onde esses povos imigraram no passado e continuam emigrando por vários motivos sociais, junto com eles emigram seus deuses, sua cultura. Infelizmente ainda ouviremos pessoas dizerem por ignorância ou preconceito: _”Sua casa é Jeje, por que você toca Ketu?” O importante não está no que você toca, mas na fé que você exprime!
Chegamos a conclusão que não devemos criticar o sacerdote que toca ketu e Jeje dentro de suas casas, devemos nos preocupar em continuar a cultuar nossos deuses sem preconceitos e respeitar cada casa que cultua seus ancestrais. Alguns sacerdotes no Brasil ainda se colocam na posição de ter a sua verdade absoluta, mas a única verdade absoluta é que todos um dia seremos abraçados por Ayzan.

Essa não é minha verdade absoluta, mas reflexões, pensamentos e estudos sobre uma cultura.

Andreia Camargo

O Rei Dan é vivo!
Dangbe Gbenoi.


Eu tive um sonho…Poderiam decifrar esse sonho?

Transtorno-de-Pesadelos-300x219

Eu sonhei…
Que a população insatisfeita saia nas ruas e invadiam o palácio da presidência pedindo a saída da presidenta…
Nesse sonho vi um vice virar presidente o qual acusado de corrupção cometer os mesmos crimes da presidenta expulsa e nada acontecer.
Nesse sonho não vi nem ouvi ninguém sair nas ruas, invadir o palácio do Planalto em Brasília fazer um carnaval pedindo a saída do atual presidente.
Vi nesse sonho políticos criminosos com provas contundentes serem inocentados por uma justiça omissa.
Vi pessoas religiosas fanaticas se transformarem em politicos para poder controlar, manipular mentes humanas.
O que está acontecendo afinal?

Por que a população se calou? Por que esse silencio macabro nesse momento tão importante quando eles estão fazendo leis contra a população e ditando regras e normas a favor dos mais ricos e contra os mais pobres?

Nessa suposta crise por que o salario dos políticos são aumentados generosamente e quando se fala de aumentar o salario do trabalhador eles reclamam dizendo que será um grande rombo na economia da união?
O povo segue calado num profundo silêncio em respeito a morte dos seus direitos civis, numa hipnose coletiva interessados apenas na famosa cerveja feita com milho e não com cevada e seu churrasquinho de quintal.  Alguns ainda dizem enquanto estiver dando para assistir meu jogo de futebol e beber minha cervejinha vou levando a vida; Eles não querem que você acorde da grande matrix .
Vergonhoso ver pessoas pelos chãos de hospitais, servidores aposentados esmolando uma bolsa alimento, lojas e fábricas sendo fechadas por falimento, tudo isso está ligado a falta de empatia dos políticos com a população. Eles não protegem a população que estão morrendo ou pelos chãos de hospitais ou pela mão de bandidos, para eles não interessam porque eles andam em carros blindados com segurança a população só tem o direito de pagar seus impostos para que eles tenham uma vida luxuosa. As pessoas estão morrendo nas portas de suas casas por bandidos afinal o exemplo vem deles por essa razão a criminalidade aumentou assombrosamente e a impunidade é a lei do dia.
Justiça é feita quando uma mãe solteira rouba num supermercado alimento para seus filhos essa será condenada a muitos anos de prisão, os corruptos estão livres pelos corredores do poder como ratos num grande bueiro.
A população condena o assassino, que acho justíssimo, mas não condena o corrupto. Afinal as pessoas sabem o que significa um corrupto para uma nação?
Todas as mortes que estão acontecendo dentro de hospitais ou pela violência de um estado é derivado da falta de verbas para um melhor serviço, em poucas palavras o corrupto é um ASSASSINO sem a menor empatia pela população!
Não consigo acordar desse sonho como um pesadelo ele continua na vida de muitos brasileiros, talvez um dia quem sabe com intervenção divina ou aliena seremos resgatados dessa podridão de interesses e da corrupção que mata milhões de pessoas ao ano no Brasil, mas tudo não passa de um sonho (pesadelo), tenho certeza que irei acordar quem sabe depois da morte.
Andreia Camargo

Frases de Martin Luther King:
“O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.”
“O que me assusta não são as ações e os gritos das pessoas más, mas a indiferênça e o silêncio das pessoas boas.”
“Se um homem não descobriu nada pelo qual morreria, não está pronto para viver.”
“No final, não nos lembraremos das palavras dos nossos inimigos, mas do silêncio dos nossos amigos.”

O Brasil é laico? Por que politicos religiosos não respeitam a laicidade do País?

laico

Pela lei o Brasil é um país laico, mas devido ao forte fluxo de pessoas religiosas fanáticas entrando no poder e colocando em primeiro lugar suas crenças o país deixa de ser laico para defender os interesses desses religiosos dessa forma vemos direitos da laicidade sendo destruídos e omitidos de forma selvagem sem menor pudor de empatia ao próximo. Não estou aqui para julgar ninguém nem apontar o dedo na direção de pessoas que se encontram alienadas por falácias de seus algozes, aqueles que no passado evangelizaram o povo negro através do chicote, ou até mesmo colocando seres humanos em fogueiras da inquisição, pois bem o que falar dos nossos ancestrais negros que sofreram tanta tortura nas mãos de evangelizadores fanáticos e que hoje ver muitos de seus descendentes da pele negra levantarem a bandeira do inquisidor ou melhor expressando do algoz de seu povo. O que dizer para os descendentes afro no Brasil quando vemos negros agredirem outros negros na defesa de uma evangelização selvagem? Essa alienação tem um nome e mesmo alienados alguns preferem fingir não ver que por trás desse falso amor por um Cristo morto esta o deus “Dinheiro” o capitalismo que avança como uma praga, talvez um vírus destruindo famílias e pessoas somente porque não prega a mesma fé.

crivella

Prefeito do Rio de Janeiro Crivella

Hoje o Rio de Janeiro tem um  representante que infelizmente foi eleito para prefeito, mas o triste é saber que ele conseguiu a vitoria não somente com os votos do povo evangélico, mas com a ajuda de pessoas de religiões de matriz Africana, nesse momento estamos vendo muitos direitos sendo retirados sem menor pudor e moral, cada povo tem o politico que merece.

atila

Deputado Atila Nunes

Acreditando que Felizmente ainda existe uma luz no fim do tunel, temos o deputado Atila Nunes defendendo o direito da laicidade do Estado dessa forma impedindo que essa agressão seja cometida pelo senhor prefeito evangélico do Rio de Janeiro. No dia 4 de julho o nosso deputado ingressou com uma Representação de Inconstitucionalidade face ao Decreto Municipal 43219 de 25 de maio de 2017 assinado pelo prefeito Marcelo Crivella, que estabelece que a Prefeitura do Rio, através de decisão pessoal do prefeito, autorize ou não a realização de eventos religiosos em lugares públicos.

Esse decreto, além de criar entraves burocráticos à realização de simples eventos, como caminhadas e procissões religiosas, dá ao prefeito plenos poderes para o bispo da Igreja Universal prefeito Marcelo Crivella criar restrições ou exigências, inclusive durante a realização do evento.

Esse decreto pode significar o cerceamento de cultos religiosos em lugares públicos, já que concede ao bispo prefeito até o poder de interromper a realização de um evento religioso. veja todo o texto do deputado clicando no nome Atila Nunes.

O Rei Dan é vivo.

Dangbe Gbenoi.


Por que existe o sofrimento?

ser_felizAs nossas imposições no planeta, como vivemos e como queremos ser felizes com saúde e com uma vida repleta de prosperidade.
A televisão nos bombardeia de publicidades nocivas, a todo instante nosso cérebro recebe milhões de mensagens de desgraças, derrotas, tragédias e tudo que é negativo que acontecem no planeta, as músicas preferidas são aquelas de sofrência (sofrimento+carencia), dor, perda de um amor traído, tudo isso nos fazem acumular no subconsciente essas energias negativas as quais mentalizamos indiretamente para o universo a nossa emoção cotidiana, dor e sofrimento constante.
Está na hora de você mudar seu modo de viver, deixe de lado tudo que for negativo, evite de assistir programas que lhe ofereça noticias de tragédias, desgraças, e tudo que estiver ligado com o negativo, coloque seus olhos nas coisas boas não coloque seus pensamentos em sofrimento, ou dor, evite músicas tristes, sorria e passe para o seu “EU” tudo que for alegria positividade, não diga jamais: Se Deus quiser! Diga invés: Eu já consegui e Deus assim quer que eu consiga!
Tudo ira mudar se você começar a colocar seus olhos naquilo que você deseja para sua vida.
O sofrimento existe porque algumas pessoas escolhem isso para suas vida, essa essencia de sofrimento é como uma droga, ou até mesmo como uma morfina para seus problemas, essas pessoas ja acostumaram viver em sofrimento.
As primeiras palavras do dia devem ser sempre aquelas que você quer que seja seu dia durante toda a jornada, o primeiro sorriso transforma seu dia em alegria, não deixe pessoas vampiro (aqueles que sugam tua energia) modificar seu dia, evite aquilo que lhe faz mal.
Afaste-se de pessoas negativas dessa forma sua vida ira modificar para melhor.

Mesmo nas horas mais difícieis veja tudo pelo lado positivo dessa forma tudo ira florir mais rapido.

Texto: Andreia Camargo

Os deuses serpentes, a família réptil

Klimt-Hygeia

O culto ao Deus Serpente era reverenciado em muitas partes do planeta Terra, a deusa serpente egipciana por milhões de anos teve “vários nomes”, Wadjet (Serpente divina) depois Ua-Zit (Aquela que tem o colar do Papiro) o verde, Ua-Zit derivou Au-set, mais tarde Sothis e no final Ísis, ou Iside, cujo significado è “trono”: seu filho Horus sentou-se em cima dela como se fosse um trono.
Na antiga Roma, de precisão na região Lazio haviam vários cultos aos deuses serpentes, como aquele de Giunone Sospita a Lanuvio e aquele de Boa Deusa no Aventino.
Uma coisa é certa: O culto a serpente passou por milhões de anos, muito forte, inatacável e sentido da todos. Por esse motivo o nascente Patriarcado da igreja catolica fez de tudo para enfraquecer a majestosa potencia de um animal que doava muito poder as pessoas,  iniciava uma grande campanha contra os deuses serpentes, dessa forma houve através da igreja uma campanha para denegrir e meter em dúvida a sacra serpente, em muitas legendas encontramos em Pérseo o personagem que influenciou a base iconográfica. Por duas ocasiões ele leva vantagem sobre os reptis mitológicos: Uma vez liberta Andrômeda matando um dragão marinho, em outra ocasião matando Medusa. Precedente a Pérseo tinha o babilônio Deus Marduk que vence o reptil da deusa Tiamat, apos encontramos Horus que apunhala o crocodilo e Apolo que mata o Pitao sagrado de Delfi, tomando posse do santuário da deusa Gea, depois tem Argo que mata Echidna; Eracle que ainda no berço enforca os dois serpentes mandados da Era; e l’ittita Telepinus, deus da agricultura que vence a serpente do caos Illuyankas, restabelecendo a ordem.
A esse ponto da historia do homem foi simplesmente limitado a meter em segundo plano a mulher serpente. No correr dos anos a igreja católica iniciou uma demonização do culto ao deuses serpentes e criando uma pratica de inferiorização das mulheres, dessa forma criam propositadamente o mito de satanás que é personificado como a serpente que engana a ingênua Eva num paraíso criado para desmoralizar o culto aos deuses Reptis sendo dessa forma a única maneira de vencer e atrair fiéis para a igreja católica, através do medo e da submissão. Os contos bíblicos destacam algumas lendas criadas politicamente como a figura de São Jorge que mata o dragão (reptil) e depois São Patrício que espanta a serpente da Irlanda, metáfora para referir a ação cristiana que perseguiu e destruiu todos os cultos mágico-religiosos denominados pelos cristianos como pagãos.
A igreja católica produz uma imagem excessivamente apelativa para manipular seus fiéis: Nossa Senhora que pisa na cabeça da serpente (a deusa serpente) destruindo o poder divino da mesma.
Basilisco (Rei serpente) e todos os reptis que eram venerados são demonizados pela igreja divulgando como seres que espalham desgraças, pestes essas terríveis criaturas, (exemplo Biscione de Milão) e por ai vai toda uma campanha política contra o culto aos deuses serpentes para colocar a igreja católica sobre o poder da humanidade.
Pela nossa fortuna o culto a serpente como outros cultos denominados pagãos, não morreram sobreviveu em muitos países inclusive na Africa.

Autora: Andreia Camargo

Pesquisas em site de língua italiana: Magazine


‘Somos como perfume’, diz Mãe Beata de Iemanjá à AFP, dias antes de morrer

mae beata

– “Eu luto para que tenham respeito. Eu não quero tolerância, odeio essa palavra tolerância. Nós não deveríamos dar direito a ninguém de falar essa tolerância. Quero respeito. Eu quero ser o que eu sou, eu quero ser verdadeira. Me respeite. Eu sou uma mulher negra e eu sou uma ialorixá do candomblé, das religiões tradicionais. Me respeite, respeita a mim e a meu povo”. Continuar lendo

Pai de santo é preso por bater tambor em Olinda

‘O único crime cometido nesse caso é o preconceito religioso do Poder Judiciário e do Ministério Público’, disse Isaltino Nascimento

Para o deputado Isaltino Nascimento (PSB) a condenação judicial contra o babalorixá Edson de Omulu por “perturbação do sossego alheio” mostra o racismo das instituições públicas contra religiões de matriz africana. O Juizado Especial Criminal de Olinda condenou pai Edson a 15 dias de prisão, que foram comutados em prestação de serviço à comunidade.

“O único crime cometido nesse caso é o preconceito religioso do Poder Judiciário e do Ministério Público em proibir que um babalorixá possa usar, na sua casa, o toque dos tambores sagrados”, afirmou o deputado.

‘LIBERDADE DE CULTO’

Para Isaltino, a polícia e a Justiça estão sendo usadas por pessoas de outras religiões para tolher a liberdade de culto de cidadãos de fé afro-brasileira.
“Custo a crer em atitude semelhante contra um padre que esteja simplesmente praticando sua religião”, afirmou o parlamentar.